sexta-feira, 1 de maio de 2009

Segredo

Quero falar contigo
Contar-te um segredo
Tu, que és meu amigo
Ajuda-me, tenho medo

Estou preso em nada
Luto para me libertar
Espero minha amada
Fujo para a evitar

Sinto falta dela
E do seu amor
Espero-a à janela
No fim do corredor

Quando ela passa
Olho-a com admiração
Penso, que linda loiraça
Esqueçe, é ilusão

Este é o meu segredo
E o que estou a sentir
Talvez ainda cedo
E continuo a fugir

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.